Vaca

A mãe de qualquer mamífero irá fornecer seu leite durante um período de tempo imediatamente após o nascimento. Quando chega a hora do “desmame”, os filhotes jovens são introduzidos à alimentação apropriada para cada espécie de mamífero.

“Agora vamos pensar, seria possível beber leite de outro mamífero que não da vaca, como de cadela, égua ou de gata? Acredito que leite humano é para bebês humanos, leite de cães é para os cachorrinhos, leite de vaca é para bezerros, leite de gata é para os gatinhos, e assim por diante. A natureza funciona assim!”

O Aleitamento materno é de extrema importância para o recém-nascido, infelizmente houve um aumento no índice de determinadas patologias devido ao desmame precoce, dentre as quais se destaca a alergia à proteína do leite de vaca (APLV) e intolerância à lactose (IL). 

Verdade escondida:
O Leite de Vaca contém uma gama ampla de substâncias inconvenientes: como hormônios, vários alérgenos, gordura, herbicidas, pesticidas, antibióticos poderosos, sangue, pus, fezes, bactérias e vírus. Essas substancias causam desde uma dor de cabeça, diarreia, dor abdominal (cólica), flatulência, até sintomas mais graves como sangramento intestinal, anemia, e infecções causadas pela salmonela.  Mas, não devemos nos preocupar apenas com a lactose, pouco adianta ingerir alimentos “lac-free”, uma vez que a caseína, uma proteína também presente no leite e seus derivados, é altamente alergênica, e nosso organismo não consegue digeri-la. Assim,  causa inflamação intestinal (uma consequente diminuição da absorção de nutrientes essenciais) e várias inflamações sistêmicas. Isto é, o consumo de leite está relacionado à maior incidência de dermatite atópica, cólica e constipação intestinal, diarreia, bronquite asmática, enxaqueca, rinite alérgica, câncer de mama e de próstata, entre outras doenças.

“Fique atento, por exemplo, na criança que sempre apresenta otite (infecção de ouvido); quadros de rinite, bronquite, amigdalite, dermatites (…); a causa pode não ser um vírus ou bactéria, mas sim a alimentação.”

As vacas leiteiras recebem injeções de hormônios sintéticos para forçar a produção maior de leite, em até 20 vezes mais do que o normal. Essa carga hormonal consumida pelo organismo humano desenvolve inúmeros males, principalmente os de ordem reprodutiva e sexual. Entre eles: – alterações hormonais – desequilíbrio menstrual – obesidade – diabetes – nanismo – gigantismo – doenças renais – hipertensão – crescimento de pelos nas mulheres – desenvolvimento precoce dos seios em meninas – ginecomastia (aumento das mamas no homem) – puberdade precoce – masculinização de mulheres – feminilização de homens – tumores de próstata – tumores de mama – tumores de útero e ovário – tumores de testículos – abortos prematuros – impotência sexual masculina – infertilidade.

leiter2

O leite pode conter BGHr (hormônio do crescimento bovino recombinante) que é largamente utilizado para esse aumento da produção de leite bovino, sendo que é proibido em vários países como Japão, Austrália e Europa. Nos EUA, todos os produtos que contenham este hormônio devem ser identificados. Claro que no Brasil, além de ser utilizado amplamente, não há alerta quanto aos seus prejuízos na saúde humana.

  • Os malefícios relacionados ao consumo de leite animal podem ser os advindos de micro-organismos e bactérias, como os originários da brucelose e tuberculose e dos grupos da salmonela e de estafilococos.

Pediatras como o Dr. Benjamin Spock (que também é um autor influente e best-seller de livros para os pais) e o Dr. Jay Gordon, têm sido fortes defensores de uma dieta livre de produtos lácteos para crianças. O Comitê de Médicos para uma Medicina Responsável (uma organização sem fins lucrativos), cujos membros incluem 150.000 profissionais de saúde, sempre foram contrários ao consumo de leite de vaca. Vários pediatras alertam que o leite bovino não deve ser consumido na infância por causa dos problemas da  intolerância à lactose, da sua contribuição para a gênese da aterosclerose e sua possível ligação com outras doenças.

VOCÊ DEVE ESTAR SE PERGUNTANDO…MAS, E O CÁLCIO? 

Saiba que raramente alguém tem DEFICIÊNCIA de Cálcio. O que ocorre, frequentemente, é a falta de nutrientes que resultam na utilização incorreta desse cálcio pelo organismo: deficiência de vitamina D, Magnésio e Vitamina K2. O cálcio do leite de vaca é basicamente inútil. O leite tem conteúdo insuficiente de magnésio (11% do que seria necessário para a mesma quantidade de cálcio). Igualmente, para a boa absorção de cálcio é importante a presença da vitamina D, que nós, humanos, produzimos pela exposição à luz solar.
Leite de vaca não previne osteoporose. Um exemplo prático é que vários países como China, Vietnã e Tailândia não possuem produtos lácteos em sua alimentação, porém seus habitantes tem as menores taxas de osteoporose e fraturas do mundo. Podemos conseguir quantidades altas de cálcio em diversos alimentos, como gergelim, verduras verde-escuras, sardinha, algas, feijão preto, castanhas, chia, entre muitos outros. Também podemos buscar alternativas mais saudáveis: leite de arroz, amêndoas e de coco, são boas opções para muitas crianças e adultos. Estes podem ser facilmente utilizados com cereais integrais, aveia e sopas cremosas. Um ótimo método de ganhar nutrientes, tanto para adultos quanto para crianças, é a utilização de leite de arroz em smoothies, acrescentando frutas, couve, espinafre e outras folhas verdes, criando uma bebida nutritiva. Praticar atividade física também é importante para a construção de ossos.
Enfim, o mito de que o leite é necessário e puro se desfaz. A verdade sobre malefícios começam a serem divulgadas. Ao longo dos últimos 40 anos, a indústria de laticínios gastou bilhões de dólares em campanhas publicitárias criadas para hipnotizar e seduzir as pessoas a consumirem seus produtos. Toda essa publicidade “colorida” é divulgada como se fosse uma verdade absoluta, com informações que levam as pessoas, erroneamente, a pensarem que sem leite ficarão doentes.

Fonte:
-HEGSTED,M.Fractures, calcium and modern diet . AJCN 74; 2001.
-http://www.notmilk.com/
-http://terapiasparatodos.com.br/verdades-sobre-o-leite-de-vaca-que-quase-ninguem-sabe/
-Imagens retiradas: google.com (malefícios do leite de vaca)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *