Modulação Hormonal

Qualidade de vida e envelhecimento saudável

Pense em uma orquestra sinfônica e em todo o trabalho de modulação utilizado para modificar a tonalidade de um trecho musical, a fim de que ele seja apresentado com perfeição e de forma harmoniosa. Assim é o trabalho de modulação hormonal bioidêntica, que consiste em modular os hormônios do corpo para que atinjam seus níveis exatos, promovendo otimização hormonal e conseqüente melhora da qualidade de vida, bem como um envelhecimento saudável.
Os nossos hormônios começam a alterar a partir dos 25 ou 30 anos de idade, resultando no aumento das chances de desenvolver muitas doenças. Nesse período os hormônios começam a sofrer queda e, é papel do médico que atua na área da medicina preventiva com modulação hormonal, elevá-los a um nível ótimo pra que o paciente tenha plena saúde e um excelente estado físico, psíquico e emocional.
Os benefícios dessa prática são inúmeros: mais disposição para as atividades diárias, envelhecimento com menos riscos de doenças cardiovasculares e neurodegenerativas, melhora do raciocínio, da intelectualidade e do sono, maior lucidez, melhor vida sexual, entre outros.
A base da construção de um envelhecimento saudável tem que se dar pelo alicerce, que são os hormônios. Mas como saber se você é apto ao tratamento e quando é a hora certa de iniciá-lo?
A análise de cada paciente é feita através de exames de sangue, saliva (que oferece análise precisa dos níveis hormonais) e avaliação do quadro clínico. A indicação do tratamento é sempre INDIVIDUAL e feito com suplementação individualizada, quando necessário repor hormônios, opta-se pelo natural, ou seja, igual aos que são encontrados no organismo humano.
Acredite, muitas vezes a ausência de sintomas não quer dizer a ausência de doenças. Alguns pacientes não sentem nada, mas os exames laboratoriais já apresentam algumas alterações. Por isso trabalhamos com a PREVENÇÃO.

É muito melhor evitar uma doença do que tratá-la!

A referência laboratorial para os exames de sangue é muito ampla, assim o papel da modulação é justamente restringir essa referência ao ponto ótimo de cada pessoa. O valor de referencia do exame de testosterona no homem, por exemplo, vai de 250 a 900. É muito amplo – tem gente que com 400 está bem e tem gente que com 500 esta mal, pois depende do organismo de cada indivíduo.
Os hormônios vão diminuindo com a idade. As glândulas vão envelhecendo e a produção de hormônios vai envelhecendo junto. Por isso a otimização é tão importante.

O tratamento pode ser iniciado quando os hormônios começam a sofrer queda, em torno dos 30 anos de idade, e beneficia tanto homens quanto mulheres que buscam mais disposição para as atividades diárias e longevidade com saúde.

O tratamento é único e individual e depende muito do estilo de vida do paciente. As vezes, para um paciente que é estressado e trabalha muito, a reposição vai ser completamente diferente de outra pessoa que tenha uma vida menos agitada, mas que dorme mal. Tudo em excesso faz mal!
Por isso sempre buscamos o equilíbrio, manter nosso metabolismo em níveis normais, para proporcionar bem estar e qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *